quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Prova: MATÉRIA DA SEGUNDA PROVA DE PRÁTICAS INTEGRADORAS II

A segunda prova de Práticas Integradoras II é feita pela Mayra, então não será como a primeira. O caso utilizado para essa prova será um caso qualquer do segundo ano, podendo ser os do primeiro semestre (Caso I a XIV) ou um dos apresentados pelo alunos, turma A ou B, para isso, aqui estão, todos eles, compilados para facilitar, com o caso e os slides utilizados, onde existe a discussão, exames complementares e o diagnóstico. Que a força esteja conosco nesse fim de segundo ano, festejando a virada do ano em sala...


Caso XV/A - (CASO/SLIDE) Adenocarcinoma Pulmonar
Caso XV/B - (CASO/SLIDE) Adenocarcinoma de Pulmão
Caso XVI/A - (CASO/SLIDE) SAAF Secundária
Caso XVI/B - (CASO/SLIDE) Fibrose Pulmonar Idiopática
Caso XVII/A - (CASO/SLIDE) DPOC Descompensada por Infecção Bacteriana
Caso XVII/B - (CASO/SLIDE) TEP
Caso XVIII/A - (CASO/SLIDE) TEP
Caso XVIII/B - (CASO/SLIDE) Fibrose Cística descompensada por Pneumonia
Caso XIX/A - (CASO/SLIDE) Pneumonia Bacteriana
Caso XIX/B - (CASO/SLIDE) Miocardite Lúpica
Caso XX/A - (CASO/SLIDE) Angina Instável
Caso XX/B - (CASO/SLIDE) ICC descompensada por Pneumonia
Caso XXI/A - (CASO/SLIDE) Dissecção Aórtica do Tipo B
Caso XXI/B - (CASO/SLIDE) ICC
Caso XXII/A - (CASO/SLIDE) Obstrução Intestinal
Caso XXII/B - (CASO/SLIDE) Pancreatite Biliar Aguda
Caso XXIII/A - (CASO/SLIDE) Megaesôfago Chagásico
Caso XXIII/B - (CASO/SLIDE) Carcinoma de Reto
Caso XXIV/A - (CASO/SLIDE) Colangiocarcinoma Peri-Hilar/Tumor de Klatskin
Caso XXIV/B - (CASO/SLIDE) Paracoccidioidomicose
Caso XXV/A - (CASO/SLIDE) Carcinoma Renal
Caso XXV/B - (CASO/SLIDE) Pielonefrite e Cistite
Caso XXVI/A - (CASO/SLIDE) Insuficiência Renal Aguda
Caso XXVI/B - (CASO/SLIDE) Pielonefrite Aguda

PACOTÃO (TURMA A/TURMA B)

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE INFLAMAÇÃO

Em breve será a marcada a primeira prova de Patologia Geral, que espero que não seja sábado, uma vez que não está na carga horária da disciplina. A matéria é abordada no Capítulo 2 do Livro Robinns & Contran 8ªed.; e Capítulo 7 do Livro Bogliolo 6ªed. Segue o CRONOGRAMA DE PATO.


Aulas
19/10/2012 - (AUDIO/SLIDE/RESUMO) Sinais Cardinais da Inflamação
23/10/2012 - (AUDIO/SLIDE/RESUMO) Processo Inflamatório
26/10/2012 - (AUDIO/SLIDE/RESUMO) Hemograma
06/11/2012 - (AUDIO/SLIDE/RESUMO) Processo Inflamatório Agudo e Reparo Tecidual
13/11/2012 - (AUDIO/SLIDE/RESUMO) Processo Inflamatório Crônico
20/11/2012 - (AUDIO/SLIDE/RESUMO) Mediação Química dos Processos Inflamatórios

Extras
Modelo - Relatório Aulas Práticas
ATLAS - Atlas de Microscopia e Macroscopia do IPTSP
Simulado #1 - Simulado de Inflamação, by: Denis Sugita
Relatório - Relatórios de Aulas Práticas de PIA e PIC

Prova: MATÉRIA DA TERCEIRA PROVA DE BIOESTATÍSTICA

Não tivemos a segunda prova de bioestatística, a nota foi dividida com o seminário. Agora falta 2 provas e 1 seminário (aberto para discussão, kkkkkkkkkkk'). E desse modo, na proxima terça teremos, essa terceira prova, onde o conteúdo é apenas testes. Aqui você encontra todos os slides em um único link, assim como alguns audios. Boa sorte, e lembrando que todos tem direito de levar:
  • Calculadora ciêntífica
  • Todas as tabelas dos testes, encontradas no final do Livro - Bioestatísca: Teorica e Computacional
  • Formulário, encontrado no final do Livro - Bioestatísca: Teorica e Computacional
  • Uma folha de papel A4, com resumos, dicas, sugestões, o que você quiser escrever e couber. EXCETO EXEMPLOS. 
 
Matéria
(AUDIO/SLIDE) Teste de T (Student)
(AUDIO/SLIDE) Teste de F (Fisher)
(AUDIO/SLIDE) ANOVA (Análise de Variância)
(AUDIO/SLIDE) Teste de Tukey
(AUDIO/SLIDE) Teste de Qui-Quadrado Clássico
(AUDIO/SLIDE) Teste de Qui-Quadrado Clássico com Correção de Yates
(AUDIO/SLIDE) Teste Exato de Fisher
(AUDIO/SLIDE) Teste de McNemar

Extras
Gabarito - Respostas dos Capítulos 8, 9, 11, 12
Plugin - Action 2.3 for Excel

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Artigos: REVISÃO SOBRE INFECÇÕES FULMINANTES PÓS-ESPLENECTOMIA E SINDROME DE DiGEORGE

Para a confecção de um trabalho de imuno sobre as deficiências imunologicas da retirada do baço e do nascimento sem timo, achei esses dois artigos, que se mostraram interessantes, principalmente por serem de médicos, fazendo uma abordagem transdisciplinar interessante. 

INFECÇÃO FULMINANTE PÓS-ESPLENECTOMIA  
RESUMO - Racional: A esplenectomia, em qualquer faixa etária e por qualquer indicação, aumenta o risco de morte por infecção fulminante. Objetivo: Avaliar a definição, a etiologia, a incidência, os fatores de risco e a profilaxia da infeção fulminante pósesplenectomia, bem como os métodos existentes para preservação de tecido esplênico quando a esplenectomia total faz-se necessária. Método: Revisão bibliográfica. Resultados: Os agentes etiológicos mais freqüentemente encontrados nesse quadro séptico são Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenza e tipo B, e Neisseria meningitidis. Outras bactérias, como Escherichia coli, Streptococcus β-hemolítico, Staphylococcus aureus e Pseudomonas sp, também representam risco significativo. Similarmente, grande variedade de agentes, incluindo outros microrganismos entéricos Gram-negativos e patógenos não-bacterianos, também é relatada esporadicamente. A profilaxia situa-se em três categorias principais: educação dos pacientes, imunoprofilaxia e quimioprofilaxia. Contudo, essas medidas não são suficientes para debelar o grande risco de desenvolvimento dessa enfermidade. Quando a esplenectomia total for necessária, o auto-implante esplênico heterotópico parece constituir a única alternativa para preservação de tecido esplênico. Estudos clínicos e experimentais têm mostrado que, após um período de regeneração, desenvolvesse tecido esplênico viável, com características estruturais similares a um baço normal e com preservação da função imune esplênica. Conclusões: Com a caracterização mais detalhada da infecção fulminante pós-esplenectomia, a indicação para esplenectomia total, tanto no trauma, como em diversas enfermidades, vem nitidamente decrescendo. Métodos profiláticos foram desenvolvidos visando à minimização dos efeitos dessa grave enfermidade. Muitas pesquisas vêm tentando determinar o grau de imunocompetência que o enxerto esplênico autógeno pode prover ao hospedeiro, em resposta à invasão bacteriana.

SÍNDROME DE DIGEORGE: ASPECTOS CLÍNICO-IMUNOLÓGICOS E MANEJO
RESUMO - Objetivo: revisar a literatura sobre a Síndrome de DiGeorge (SDG) com ênfase para as principais manifestações clínicas e abordagens diagnóstica e terapêutica. Fonte de dados: Literatura médica publicada sobre o assunto nos últimos dez anos utilizando PubMed, MEDLINE e livros médicos especializados. Palavras chave usadas na pesquisa: Síndrome de DiGeorge, FISH, síndrome Velo-cárdio-facial, imunodeficiência primária, infecções recorrentes. Síntese de dados: A SDG é distúrbio congênito resultante da migração anormal das células embrionárias da terceira e quarta bolsas faríngeas, levando a hipo ou aplasia do timo, defeitos da paratireóide, arco aórtico e imunodeficiência celular. Além de hipocalcemia neonatal e dismorfismos faciais tipicos, as alterações observadas ocorrem principalmente nos sistemas imunológico e cardiovascular. Os principais defeitos cardíacos relatados são: Anomalia conotruncal, interrupção do arco aórtico e Tetralogia de Fallot. Quanto às anormalidades do sistema imunológico, os pacientes podem ser assintomáticos ou cursar com defeitos graves de células T, dependendo do grau de comprometimento tímico. Conclusões: O diagnóstico, após suspeição clínica deve ser confirmado pelo teste FISH. O manejo destes pacientes visa principalmente o controle das infecções de repetição, correção dos distúrbios cardíacos e controle de co-morbidades. O tratamento definitivo nos casos mais graves é o transplante tímico, com resultados promissores.


domingo, 28 de outubro de 2012

Prova: MATÉRIA DA TERCEIRA PROVA DE GENÉTICA

E lá vamos nós... Segue nos links para os slides da matéria da prova de genética. Lembrando que segundo a Elisângela a prova será mais prática, composta por diversas figuras, onde devemos dar o nome das sinais presentes nos pacientes com sindromes genéticas, como por exemplo, olhos afastados, hipertelorismo, e por ai vai.

(AUDIO/SLIDE) Aberrações Cromossômicas
(AUDIO/SLIDE) Semiologia Genética
(AUDIO/SLIDE) Farmacogenética e Farmacogenômica

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Prova: MATÉRIA DA PRIMEIRA PROVA PARCIAL DE IMUNOLOGIA

Começou Imunologia, e com isso, o estudo do Abbas 7ªedição. A primeira prova será sobre os capítulos do Abbas, de 1 a 8, além das 2 aulas teóricas que serão ministradas. Segue o CRONOGRAMA DE IMUNO, além de todo o material necessário e disponibilizado. Se acharem útil, pegue alguns slides, disponibilizados para a Turma A, no semestre passado, AQUI!
Teóricas
18/10/2012 - (AUDIO/SLIDES) Eugênia - Cap.01: Propriedades Gerais das Respostas Imunes
25/10/2012 - (AUDIO/SLIDES) Miriam - Cap.02: Células e Tecidos do Sistema Imune
25/10/2012 - (AUDIO/SLIDES) Miriam - Cap.03: Migração dos Leucócitos para os Tecidos
01/11/2012 - (AUDIO/SLIDES) Adriana - Cap.04: Imunidade Inata
08/11/2012 - (AUDIO/SLIDES) Adriana - Cap.05: Anticorpos e Antígenos
22/11/2012 - (AUDIO/SLIDES) Eugênia - Cap.06: Moleculas do CPHC e AP aos LT
29/11/2012 - (AUDIO/SLIDES) Simone - Cap.07: Receptores Imunológicos e Transdução de Sinais
06/12/2012 - (AUDIO/SLIDES) Lucimeire - Cap.08: Desenvolvimento dos Linfocitos e Rearranjo dos Genes Receptores de Antígenos

Artigos
Revista Brasileira de Reumatologia - Sistema Imunitário: Parte I/Parte II/Parte III - Artigo de Revisão

Práticas
18/10/2012 - (AUDIO/SLIDES) Noções de Biossegurança, Sorologia e Diluição
08/11/2012 - (AUDIO/SLIDES) Interação Antígeno-Anticorpo, Reação de Aglutinação e Diagnóstico Imunológica da Gravidez

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE BACTERIOLOGIA ESPECÍFICA

Aqui vai o conteúdo final de Bacteriologia e Microbiologia. Nossa última prova das matérias semestrais do 3ª periodo. Vamo que vamo...


01/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Fatores de Patogenicidade (Relação Parasita-hospedeiro)
07/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Família Micrococcacea (Staphylococcus)
07/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Família Streptococcacea (Streptococcus)
08/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Bastonetes Gram Negativos Não Fermentadores
14/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Bastonetes Gram Negativos Fermentadores (Enterobactérias)
17/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Micobactérias

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Extras: CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DAS DOENÇAS

Vimos algo sobre o CID em Saúde Coletiva II, e fazendo o caso clínico dessa semana, vii o tanto que é útil telo do lado na resolução, por isso aki está, a versão online do CID-10. Só baixar e instalar.
CID-10 - DOWNLOAD

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE HELMINTOLOGIA

A terceira prova de Parasitologia trata-se dos Helmintos, contento tanto Platelmintos quanto os Nematelmintos. Divirta-se com essa infinidade de vermes cujos sintomatologia é clássicamente a mesma. Segue o NOVO CRONOGRAMA DE PARASITO, assim como a matéria:
Alverne
07/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Lagoquilascaridíase, Lagochilascaris minor.

Eliana
30/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Teníase e Cisticercose, Taenia solium e Taenia saginata.
30/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Equinococcose e Hidatidose, Echinococcus granulosus.
30/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Difilobotriose, Diphyllobothrium latum.
30/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Dipilidiose, Dipylidium caninum.
01/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Ancilostomose, Ancylostoma braziliense, Ancylostoma duodenale, Ancylostoma caninum e Necator americanus.
01/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Himenoloptiose, Hymenolepis nana e Hymenolepis diminuta.
06/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Ascaridíase, Ascaris lumbricoides e Toxocara sp.
06/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Enterobiose, Enterobius vermiculares.
12/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Estrongiloidíase, Strongyloides stercoralis.
13/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Tricuriose, Trichuris trichiura.
13/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Triquinelose, Trichinella spiralis.
13/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Filariose, Wuchereria bancrofti.
13/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Oncocercose, Onchocerca volvulus.

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE FARMACOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO

Com essa última prova de Farmacologia Básica, fecha-se o conteúdo do segundo ano de farmacologia, tendo passado pela farmacoccinética, farmacodinânimica e pela farmacologia do sistema nervoso autônomo. Segue o CRONOGRAMA DE FARMACO, e o conteúdo da última prova:
Matéria
29/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Drogas Bloqueadoras de Junção Neuromuscular
04/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Drogas Agonistas do SNA Simpático
12/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Drogas Antagonistas do SNA Simpático

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Prova: MATÉRIA DA PRIMEIRA PROVA DE SAÚDE COLETIVA II

A matéria da Primeira Prova de Saúde Coletiva II será o conteúdo ministrado em sala pelos professores no 1º semestre do ano e nas duas aulas após a greve.
(AUDIO/SLIDE) - IDSUS
(AUDIO/SLIDE) - The Lancet (Saúde da Mulher; Doenças Crônicas)
(AUDIO/SLIDE) - Saúde da Criança
(AUDIO/SLIDE) - Transição Demográfica no Brasil
(AUDIO/SLIDE) - Sistemas de Informações em Saúde
(AUDIO/SLIDE) - Indicadores de Saúde

Prova: MATÉRIA DA SEGUNDA PROVA DE CARDIOHEMOFISIOLOGIA

Cardiohemofisiologia por também ser parte de Fisio II e será a constituição da ultima prova de Fisio II, juntamente com o que falta de Endocrinofisiologia. Segue o CRONOGRAMA DE FISIO, mas esse devido à greve está fora de seguimento.

 

CONTEUDO GUYTON 13ªed.:
Cap. 14; 15; 16; 17; 18; 19; 20; 21; 22; 23; 24
Aula: (AUDIO/SLIDE) Controles Corporais para o Controle da Pressão Arterial - Diego
Atigos: (AUDIO/SLIDE) Controle Imediato da Pressão Arterial - Gustavo

Prova: MATÉRIA DA SEGUNDA PROVA DE ENDOCRINOFISIOLOGIA

O conteúdo será referente aos seguintes:
CAPÍTULOS DO GUYTON 13ªed.: 79, 80, 81.
Segue também o CRONOGRAMA DE FISIO, o capítulo 82 sobre Gestação e Lactação será abordado após a prova, entretanto sem prova avaliativa sobre ele.
Aulas
04/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Paratormônio e Calcitonina
04/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Hôrmonios Sexuais
12/09/2012 - (AUDIO/SLIDE) Gravidez

Prova: MATÉRIA DA PRIMEIRA PROVA DE PRÁTICAS INTEGRADORAS II

Para a primeira nota da matéria Praticas Integradoras II,será uma avalição que tomará como base, um dos 14 casos clínico resolvidos durante o 1ª semestre do ano. Segue o CRONOGRAMADE DE P.I.II, assim como os casos clínicos para estudo.
Caso I - (AUDIO/CASO/ARTIGO) TEP
Caso II - (AUDIO/CASO/ARTIGO) DPOC descompensado por Pneumonia Fúngica 'Candida sp.'
Caso III - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Pneumonia por infecção de Pseudomonas aeruginosa 
Caso IV - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Asma e Rinite Alérgica
Caso V - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Pericardite
Caso VI - (AUDIO/CASO/ARTIGO) ICC pós-IAM
Caso VII - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Estenose mitral por febre reumática
Caso VIII - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Insuficiência aórtica + Estenose mitral por febre reumática
Caso IX - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Retocolite ulcerativa inespecífica
Caso X - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Colangiocarcinoma (Tumor de Klatskin)
Caso XI - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Hepatite autoimune
Caso XII - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Divertículo de Meckel
Caso XIII - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Obstrução de ureter por tumor de colo de útero
Caso XIV - (AUDIO/CASO/ARTIGO) Nefrite lúpica

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Prova: MATÉRIA DA SEGUNDA PROVA DE BIOÉTICA

A matéria de Bioética para a segunda prova se resumi basicamente a todos os seminários apresentados nesse semestre, e para a facilidade de estudo, encontre aqui todos os slides usados nas apresentações dos seminários.

Seminários
11/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Ciência, Tecnologia e Ambiente

18/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Erro Médico e Iatrogenia (Karenn; Mayra; Pricila; Renata; Thiago Gonçalves)

25/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Sexualidade e Reprodução Assistida (José Alano; Lucas Scárdua; Lucas Valverde; Raister; Tássio Tavares)

02/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Experimentação Humana e Direitos dos Animais (Paulo Lucas; Pedro Henryque; Thalles Braga; Thiago Costa; Yan Britto)

09/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Transplante de Orgãos e Orgãos Artificiais (Gustavo Honorato; Ludmilla; Maury; Mayara; Orlando; Rafael Yudi)

16/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Paciente Crônico, Paciente Terminal e Morte (Cássio César; Isabella de Paula; Lucas Bernardes; Mariana Bastos; Paula Toledo)

23/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) A ética na emergência. Omissão de socorro. Tratamento arbitrário

30/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Ética em Cirurgia Plástica (Bruna; Murilo Meneses; Olívia; Pedro Lhermusieau; Robson; Tiago Vinícius)

06/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Assistência em grupos ou doenças específicas (Luísa; Marielle; Paulo Ricardo; Ronaldo; Tercilia)

13/06/2012 - (AUDIO/SLIDE) Saúde Mental e Neurociências (Fernanda Bizinoto; Guilherme Vilela; Luana; Matheus Vieira; Murilo Frota; Rodrigo Ximenes)

domingo, 27 de maio de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE BACTERIOLOGIA BÁSICA

Na terceira parte de Microbiologia, temos Bacteriologia, composta por duas unidades, a Básica e a Específica, uma prova cada, e diferentemente das outras partes da Microbiologia, nas aulas práticas, temos conteúdo corrido, que muitas vezes é muito mais pesado que o conteúdo das aulas teóricas. Nesse post você acompanha, além do CRONOGRAMA DE MICRO, tudo das aulas teóricas e práticas.
Aulas Teóricas
04/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Introdução à Microbiologia & Crescimento, Nutrição e Metabolismo.
09/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Citologia, Morfologia Bacteriana
16/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Esterilização e Desinfeção
23/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Genética Bacteriana
30/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Antimicrobianos

Aulas Práticas
04/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Coloração de Gram
09/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Coloração de Ziehl Neelsen
11/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Assepsia
16/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Leitura da Assepsia
23/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Preparação de um Antibiograma

Prova: MATÉRIA DA SEGUNDA PROVA DE BIOESTATÍSTICA

Após a primeira prova de Bioein cstatística, onde o conteudo era relativamente simplex, a segunda prova vem com um conteúdo tenso... Embora o professor tenha repetido a aula de Teste de Hipóteses, aceitando H0, o conteudo se mostra bastante "in cloud". Aqui você encontra o CRONOGRAMA DE BIOESTATÍSTICA. E as aulas para essa segunda prova. E ae, vão aceitar H0?
Aulas
SLIDES - TODOS os slides-Bioestatística Teórica e Computacional
19/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Teoria da Amostragem e Estimação
26/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Utilização do Action para Análise Estatística
03/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Teste de Hipótese
10/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Repetição da Aula de Teste de Hipóteses
31/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Níveis Clássicos de Significância

Extras
Plugin - Action 2.3 for Excel
Aplicativo - Dimam 1.0 for Dimensionamento de Amostras

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE FARMACODINÂMICA

Depois da Primeira Prova de Farmaco, percebeu-se que elas são praticamente as aulas das professoras, não se acha o conteudo em nenhum livro... Então só nos resta prestar atenção às aulas, slides e audios, aqui você encontra alguns desses. Segue o CRONOGRAMA DE FARMACO, assim como tudo que for útil a essa matéria.
Aulas
24/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Recptores Celulares
01/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Interação Droga-Receptor
01/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Vias de Transdução
08/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
22/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Drogas Colinomiméticas

Prova: MATÉRIA DA PRIMEIRA PROVA DE ENDOCRINOFISIOLOGIA

A parte de Endocrinofisiologia, compreenderá de 2 provas, onde a primeira prova contará com o conteúdo dos seguintes:
CAPÍTULOS DO GUYTON 13ªed.: 74; 75; 76; 77; 78
Segue o CRONOGRAMA DE FISIO, assim como as aulas referentes a esses capítulos.
Aulas
26/03/2012 - (AUDIO/SLIDE) Introdução à Endocrinofisiologia
09/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Hormonios Hipofisários
23/04/2012 - (AUDIO/SLIDE) Hormonio Adrenocorticotrófico (ACTH)
07/05/2012 - (AUDIO/SLIDE) Pancreas Endocrino

domingo, 22 de abril de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE ENTOMOLOGIA

Segue nesse post as aulas para a segunda prova da perigosa Parasitologia, o CRONOGRAMA DE PARASITO, tudo o que for útil e necessário.

Alverne
10/05/2012 - Integração Disciplinar - Caso Clínico II

Ana Maria
11/04/2012 - FILO SARCOMASTIGOPHORA. Subfilo Mastigophora. Gênero Leishmania
18/04/2012 - FILO SARCOMASTIGOPHORA. Subfilo Mastigophora. Gênero Trypanosoma 

Adelair
12/04/2012 - LEISHMANIOSES. Principais vetores. Famílias Psychodidae. Sub-famílias Psychodinae e Phlebotominae
19/04/2012 - Doença de Chagas Principais Vetores. Ordem Hemiptera
25/04/2012 - DOENÇA DE CHAGAS Diagnóstico Parasitológico Xenodiagnóstico natural e artificial
26/04/2012 - MIIASES. Principais vetores. Subordem Cyclorrhapha & ZOONOSES transmitidas por vetores. Ordens Siphonaptera e Anoplura
02/05/2012 - Animais Peçonhentos 

Eliana
03/05/2012 - FILO PLATHELMINTES. CLASSE TREMATODA. Familia Schistosomatidae
09/05/2012 - FILO PLATHELMINTES. CLASSE TREMATODA. Família Fasciolidae

Extras
Revisão - Jogo Rápido #2 - Identificação de Psycodidae, Triatomíneos, Moscas, Pulgas, Piolhos, Fasciola e Shistossoma 

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE MICOLOGIA

Segunda parte da matéria de Microbiologia se trata dos fungos patogênicos... Segue o CRONOGRAMA DE MICRO e as aulas com slides de micologia. Os professores fornecem os slides. 
 
Maria do Rosário
27/04/2012 - Paracocidioidomicose

Lúcia
18/03/2012 - Criptococose

Evandro
04/04/2012 - Ptiríase Vesicolor

Carolina
11/04/2012 - Candidíase

Orion
13/04/2012 - Dermatofitose 
25/04/2012 - Histoplasmose

Extra

domingo, 1 de abril de 2012

Prova: MATÉRIA DA PRIMEIRA PROVA DE PATOLOGIA GERAL

Arquivos para a Disciplina de Patologia Geral. Segue o CRONOGRAMA DE PATO, assim como alguns resumos e pacotes com simulados e materiais úteis.

Extras
Resumo - Inflamação Aguda (by: Guilherme Pimenta)
Resumo - Inflamação Crônica (by: Guilherme Pimenta)
Material - Slides, Simulados e Resumo para PRIMEIRA PROVA (by: Eduardo Júnior)

segunda-feira, 19 de março de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE GENÉTICA MOLECULAR

Segue abaixo o conteúdo que será cobrado na primeira prova de Genética. Inícialmente, genética abordará o conteúdo de Biologia Molecular, posteriormente de Biologia Celular, para então entrar em Genética propriamente dito. Segue também o CRONOGRAMA DE GENÉTICA, assim como as aulas, vídeos e livros.

Conteudo da Prova:
1. DNA: A promessa e o preço - Episódio 1 e 2
Thompson & Thompson
2. Capítulo 1 - Genética e Genômica na Medicina, Rumo ao Futuro - 
3. Capítulo 2 - O Genoma Humano e a Base Cromossômica da Hereditariedade
- O Genoma Humano e seus cromossomos 
- Divisão celular: Mitose
4. Capítulo 3 - O Genoma Humano: Estrutura Genética e Função:
- Estrutura e função dos ácidos nucléicos
- Conteúdo de Informações do Genoma Humano
- O Dogma Central: RNA - Proteína (Replicação e Transcrição do DNA)
- Organização Gênica e Estrutura
5. Capítulo 4: Ferramentas da Genética Molecular Humana:
- Análise das sequências individuais do DNA e do RNA
- Métodos de análise dos Ácidos Nucléicos
- Somente os métodos: A reação em Cadeia da Polimerase: PCR e qPCR
Albert - The cell
Replicação
Como as células lêem do DNA à Proteína
Aulas práticas:
- Extração do DNA
- PCR e qPCR
- Mitose e o experimento com Allium cepa.

Aulas
09/03/2012 - Introdução à Genética
16/03/2012 - Continuação do Vídeo e PCR
22/03/2012 - Ácidos Nucléicos e Replicação Genética
29/03/2012 - Replicação Genética e Transcrição
19/04/2012 - Transcrição e Tradução Genética 

Extras
Filme: DNA - A promessa e o preço Part.01 (pode assistir online)
Filme: DNA - A promessa e o preço Part.02 (pode assistir online)

quarta-feira, 14 de março de 2012

Prova: MATERIA DA PRIMEIRA PROVA DE IMUNOLOGIA

A matéria de imunologia deixou de ter os seminários, mas nem por isso deixou de ser complicada (a substituição por outras atividades continua a nos obrigar a estudar muito). Segue o CRONOGRAMA DE IMUNO. E os esquemas de estudo antes das aulas ainda continua.
Miriam Dorta
08/03/2012 - Células, Tecidos e Orgãos da Imunidade Inata e Adquirida
29/03/2012 - TCR: Estrutura, Função e Moléculas Acessórias

Lucimeire Antonelli
15/03/2012 - Indução, Interações Moleculares e Celulares da Resposta Imune
05/04/2012 - MHC: Estrutura e função genética
19/04/2012 - Desenvolvimento Linfócitos B - Rearranjo e expressão dos genes dos receptores de antígenos
10/05/2012 - Imunidade celular - mecanismos efetores e citocinas

Adriana Crespo
22/03/2012 - Imunoglobulinas: Estrutura e Função
26/04/2012 - Imunidade inata
20/09/2012 - Reações de hipersensibilidades tipoII, III e IV

Seminários
Auto-imunidade -
Imunodeficiências - A2/A3
Tumores - A1
Transplantes - A3

sexta-feira, 9 de março de 2012

Prova: MATÉRIA DA PRIMEIRA PROVA DE BIOESTATÍSTICA A1-B1

A matéria de Bioestatística da UFG agora foi unificada para todos os cursos, e desse modo, em todos eles, ela é ministrada por professores do IME (Instituto de Matemática e Estatística). Para quem acho que nunca mais iria ver calculo, isso não é verdade. Corre boatos que o professor das Turmas 2 (A2 e B2) está passando até derivada em sala. Mas vamos ao que interessa, as Turmas 1 (A1 e B1). O Professor disponibilizou na Sala Virtual (Moodle do IME) o CRONOGRAMA DE BIOESTAT, assim como todos os slides das aulas. Há também um aplicativo para se instalar, que é integrado ao Excel, tudo está aqui. O livro adotado chama-se BIOESTATÍSTICA TEÓRICA E COMPUTACIONAL. Não o encontrei na net, se alguém souber, me informe.
Aulas
08/03/2012 - Conceitos e Formatação de Tabelas
15/03/2012 - Organização de Dados em Gráficos e Medidas Caracteristicas de Distribuição
22/03/2012 - Medidas Características de Distribuição e Probabilidade
29/03/2012 - Distribuição Normal de Gauss

Extras
Plugin - Action 2.3 for Excel
Apostila - Material do Hiron (Turmas A2 e B2)

sexta-feira, 2 de março de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE PROTOZOOLOGIA

Assim como todas as matérias do IPTSP, a Parasitologia não disponibilizará os slides das aulas, sendo assim, disponibilizo apenas o audio das aulas, para que os interessados possam escutar. Segue também o CRONOGRAMA DE PARASITO, assim como qualquer informação que seja importante.
Alverne
29/02/2012 -  Reino Protista, Filo Ciliophora (sem audio)
08/03/2012 - Filo Apicomplexa, Protozoários Entéricos Oportunistas
15/03/2012 - Filo Apicomplexa, Gênero Plasmodium
29/03/2012 - Integração Disciplinar - Caso Clínico #1

Ana Maria

Adelair

Eliana

Extras

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Prova: MATÉRIA DA PROVA DE VIROLOGIA

Matéria de Microbiologia para os alunos da Turma B, no primeiro semestre, dividida em 3 módulos, Virologia (1 prova), Micologia (1 prova) e Bacteriologia (2 provas). Segue o CRONOGRAMA DE MICRO. Os professores de Virologia não disponibilizam os slides, então postarei apenas os audios das aulas teóricas e das aulas práticas. Bons estudos...

Menira
15/02/2012 - Apresentação do Curso e Introdução à Virologia

Fabíola
17/02/2012 - Replicação Viral e Cultura de Células
24/02/2012 - Diagnósticos Laboratoriais em Virologia
02/03/2012 - Viroses Exantemáticas e Inibição de Hemaglutinação
09/03/2012 - Arboviroses
14/03/2012 - Gastroenterites Virais

Megmar
29/02/2012 - Patogenia Viral
07/03/2012 - Vírus Oncogênico
16/03/2012 - Hepatites Virais
21/03/2012 - Viroses Respiratórias
23/03/2012 - Família Retroviridae

Extras
Leitura 16.03 - Dengue em crianças
Leitura 23.03 - Transmição vertical de HIV/AIDS